.Posts Recentes

. A nossa música! :D

. Conhece o Sam!

. Sam the Kid - A Escolha d...

. A Música e os Jovens - In...

. Museu da Música

. Deixamos-te aqui um vide...

. A Música em Portugal

. Influências da Música no ...

. Curiosidades :D

. A Música na Sociedade

. Correlação Música/Homem n...

. Géneros Músicais

. Música Contemporânea - Sé...

. O Romantismo (de 1810 a 1...

. O Classicismo (de 1750 a ...

. O Barroco (de 1600 a 1750...

. O Renascimento (de 1400 a...

. A Idade Média (de 400 a 1...

. A Antiguidade (até 400 d....

. Pré-História

. História da Música

. O que não é a música? - D...

. A abordagem funcional, ar...

. Abordagem Naturalista

. Definição de Música

. O que é a música?

. Um projecto diferente! :D

.Arquivos

. Março 2009

. Fevereiro 2009

Segunda-feira, 9 de Março de 2009

A nossa música! :D

Sentimo-nos: felizes! :D
Publicado por Músicaólicas :D às 15:41
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 7 de Março de 2009

Conhece o Sam!

Sam the Kid, nome artístico de Samuel Mira, (Lisboa, 17 de Julho de 1979) é um músico português.

 

Se 2001 se revelou um ano decisivo para o crescimento do hiphop nacional, Sam the Kid foi um dos principais responsáveis pela proeza, a par de nomes como Mind da Gap, Bullet, Chullage, Micro e Valete, entre outros. O primeiro álbum, Entre(tanto) estava disponível desde 1999, mas só em 2001, e em grande parte devido ao disco instrumental Beats Vol 1: Amor, o nome Sam the Kid começou a marcar pontos fora de casa, que é como quem diz, no circuito de fiéis seguidores do universo hiphop.

Construído a partir da história de amor vivida pelos pais de Samuel Mira, Beats Vol 1: Amor convenceu tudo e todos sem grandes dificuldades, tendo sido considerado por muitos entendidos na matéria como um dos melhores álbuns do ano da colheita nacional. Gravado em casa, com recurso a um vasto arquivo de samples recolhidos em discos, vídeos pornográficos, telenovelas e chamadas telefónicas, privadas ou não, Sam the Kid transpôs a barreira que até então o limitara ao subúrbio do hiphop, desbravando caminho até ouvidos atentos à música, mas até então desatentos ao trabalho de Samuel.

Quando viu chegar a oportunidade de gravar o álbum de estreia, já Sam the Kid tinha em carteira uma série de gravações, feitas em casa, em formato cassete, mini-disc, CD, e até com recurso à câmara de vídeo.

Foi depois de ter ouvido 93 Til Infinity (1993) dos Souls of Mischief, que Sam começou a desenhar o seu futuro na música a lápis mais carregado. A rádio foi o primeiro veículo encontrado pelo músico para a divulgação do trabalho que já tinha em avanço, sobretudo através do programa "Repto". Anos mais tarde, em 2001, depois de várias provas de talento dadas e de dois discos editados, Entre(tanto) e Sobre(tudo), a então recém-criada Loop:Recordings, de Rui Miguel Abreu, propunha um contrato discográfico a Sam the Kid. A primeira aposta no artista foi Beats Vol 1: Amor. O novo álbum, Pratica(mente), teve o seu lançamento em Dezembro de 2006. Sam the kid um dos maiores rappers portugueses também é um grande critico de pessoas que ouçam outros estilos musicais ou musicas em inglês reconhece-se essa tedência na sua musica "poetas de karaoke" onde critica a banda portuguesa Moonspell, por cantarem em inglês a maior parte da suas musicas, no entanto ele também interpreta musicas em inglês. Em 2008, lança uma reediçao de Pratica(mente), com canções inéditas e convidados como Valete, Regula, Beto ou Shaulin.

 

Agora que já sabes mais um pouco do Sam, podes visitá-lo no myspace ou no site oficial! :D

 

 

 

Sentimo-nos: Muito Orgulhosas! :D
Publicado por Músicaólicas :D às 18:29
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos

Sam the Kid - A Escolha dos Jovens da Nossa Escola!

Sentimo-nos: Orgulhosas!
Publicado por Músicaólicas :D às 16:35
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos

A Música e os Jovens - Inquérito por Questionário

A música influência bastante os jovens. E os jovens da nossa escola não são excepção, como podemos constatar pelo inquérito que realizámos. O nosso inquérito tinha como objectivo conhecer alguns dos hábitos musicais dos alunos da Escola Secundária Herculano de Carvalho e por isso, seleccionámos uma amostra de 30 alunos para representar o total da população em estudo. Estes 30 alunos foram escolhidos aleatoriamente tendo apenas como critérios de escolha o seu ano de escolaridade (5 alunos de cada ano escolar – do sétimo ao décimo segundo), o seu sexo e faixa etária.

 

Estes são os resultados do nosso inquérito:

 

 

Num total de 30 inquiridos, 15 elementos eram do sexo feminino e outros 15 do sexo masculino. Isto equivale a uma distribuição equalitária.

 

Como podemos observar pelo gráfico acima, as idades dos inquiridos variam entre os 14 anos e os 19. No entanto, a maioria dos inquiridos (30%) tinham 16 anos.

 

 Na faixa etária considerada existe um leque variadíssimo de géneros musicais que satisfazem os gostos dos inquiridos. Assim, obtiveram-se diversas e variadas respostas. No entanto, o Hip-hop, a música Pop e o Kizomba lideram as escolhas dos jovens da nossa comunidade escolar.

 

Como podemos concluir pela análise do gráfico, 77% dos inquiridos consideram que a música é indispensável nas suas vidas. A grande maioria dos jovens que deram esta resposta, acrescentaram ainda que, não imaginam as suas vidas sem música e que em todas as suas actividades a música está sempre presente.

 

 Este é um gráfico que reflecte bem a importância da música na vida dos jovens inquiridos. Apesar de 10 inquiridos apenas dedicarem 1h por dia à música e outros 9 inquiridos dedicarem 2h, outros 8 dedicam 4h por dia à música, 1 inquirido dedica 6 horas e outros 2 dedicam 10h do seu tempo à música!

 

 Nos dias que correm, cada vez mais, a Internet tem vindo a ganhar uma maior importância e uma das suas utilidades é o fácil acesso à música. Assim, 17 dos jovens que responderam a este inquérito afirmaram que utilizam este meio como forma de aceder à música. Os outros continuam a optar por formas mais tradicionais como meio de aceder à música, como os CD’S, a rádio e a televisão. Há ainda quem tenha afirmado que tem acesso à música através de concertos a que assiste.

 

Em 30 inquiridos, 22 afirmaram ter um músico ou cantor de preferência. Os restantes responderam negativamente e disseram ouvir um pouco de tudo, não considerando ser importante quem canta (ou toca) mas sim a qualidade da música.

 

Estes são os cantores/músicos/bandas de preferência dos 22 inquiridos que responderam afirmativamente na questão anterior.

 

 Esta é uma questão bastante polémica existente em torno dos profissionais da área da música. E, embora seja difícil estabelecer uma resposta correcta, as respostas destes inquiridos são uma boa amostra da opinião do público em geral. Aqui, 60% dos inquiridos responderam que estes profissionais dão mais valor à fama.

 

 Nesta pergunta do inquérito, apesar de só 11 dos inquiridos terem respondido que os seus músicos ou cantores de eleição influenciam o seu modo de vida, grande parte dos mesmos admitiram que isto acontecia devido ao facto de os terem como grandes ídolos e que essa influência se traduzia não só a nível espiritual mas também a nível físico, pois muitos dos inquiridos disseram vestir-se de forma semelhante aos seus cantores/músicos preferidos.

 

 

 Dois gráficos iguais para duas perguntas diferentes? Pois é. A verdade é que todos os inquiridos que responderam que a música interfere no seu estado de espírito também responderam afirmativamente à segunda questão. Ou seja, 70% dos inquiridos fazem as suas escolhas musicais dependendo do seu estado de espírito mas este também pode sofrer alterações devido à música que o inquirido ouve.  

 

Devido a um fenómeno a que se dá o nome de globalização, apesar dos diferentes estilos de música serem originários de diferentes países, estão hoje já bastante difundidos e muitas vezes torna-se até difícil lembrar as suas origens. Assim, consideramos ser um fenómeno natural o facto dos 30 inquiridos, ou seja 100%, terem respondido que ouvem um estilo de música comum na comunidade onde vivem. Hoje em dia, é frequente vermos que a maioria dos membros da nossa sociedade está receptiva às músicas estrangeiras, sendo, por isso, comum ouvirem essas mesmas músicas sem que haja qualquer distinção devido à sua origem. 

 

Pequeno relatório acerca do inquérito:

No final deste estudo ficamos a conhecer os gostos musicais dos jovens da nossa escola. E tendo em conta a sociedade em que vivemos e os conhecimentos que daí adquirimos podemos concluir que o facto de os jovens (na sua maioria) terem os mesmos hábitos musicais pode ser considerado um padrão social. Isto é, a música como um consumo cultural, não está unicamente dependente dos gostos pessoais mas também de outros condicionalismos sociais. Por exemplo, o facto dos jovens da nossa escola frequentarem os mesmos espaços e terem um grau de instrução semelhante, pode ser considerado algo que influência as suas escolhas. 

 

Sentimo-nos: Muito pensativas! :D
Publicado por Músicaólicas :D às 11:10
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Museu da Música

O Museu da Música é uma instituição tutelada pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) onde se encontra uma das mais ricas colecções instrumentais da Europa, além de vários espólios documentais e acervos fonográficos e iconográficos.

 

No passado dia 19 de Fevereiro levámos a nossa turma a uma visita de estudo a este pequeno museu no âmbito do nosso projecto e podemos dizer que adoramos conhece-lo e que fomos muitíssimo bem tratados e guiados! :D Este museu possui um magnifico espólio musical e é belíssimo! :D

 

Se tu quiseres visitá-lo também podes faze-lo e visto que és estudante a tua entrada é gratuita! Combina com os teus amigos, colegas e professores e organiza uma visita que nunca mais irás esquecer! Ah, e há mais: quase todos os sábados se realizam lá mini-concertos e tu (apresentando o teu cartão de estudante) estás convidado a aparecer! Por isso aproveita porque oportunidades destas não se encontram todos os dias! :D

 

Visita o blog do museu ou informa-te através dos seguintes contactos:

 

Est. Metropolitano Alto dos Moinhos
Rua João de Freitas Branco
1500-359 LISBOA
PORTUGAL
Tel: (351) 21 771 09 90
Fax: (351) 21 771 09 99
email: mmusica@ipmuseus.pt

 

Deixamos-te aqui uma pequeníssima amostra daquilo que lá poderás encontrar:

 

 

 

Vai conhecer o MUSEU DA MÚSICA e enriquece-te!! :D

 

 

Sentimo-nos: Fascinadas com tanta cultura!
Publicado por Músicaólicas :D às 17:51
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 1 de Março de 2009

Deixamos-te aqui um video da nova diva do Fado! :D

Sentimo-nos: Muito Orgulhosas! :D
Publicado por Músicaólicas :D às 12:08
Link do Post | Comentar? | Adicionar aos Favoritos

.Mais sobre nós :D

.Pesquisar neste blog?

 

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds